quinta-feira, 30 de julho de 2015

Confusão na Câmara de Gravatá resulta no encerramento da sessão

do Gravatá Notícias

O ex-Presidente da Câmara de Vereadores de Gravatá, Pedro Martiniano (PRB), vai acionar a Comissão de Ética do Poder Legislativo em razão do comportamento do vereador Júnior de Paulo (PRP) durante sessão extraordinária desta quinta-feira (30).

O vereador, irmão do Prefeito de Gravatá, quando utilizava a tribuna para justificar seu voto contrário ao Projeto de Lei Orçamentária interna, observou Júnior tentando interromper o seu discurso e por não ter a palavra concedida, revoltou-se, batendo na bancada com uma das mãos. Com um tom de revolta, o parlamentar apontou para o ex-presidente e destilou seu repúdio.

Numa das sessões da Câmara, o mesmo vereador jogou água no rosto do outro e por pouco não travaram uma luta corporal. Por ser reincidente, Martiniano garantiu que abrirá um procedimento administrativo interno (interna corporis) contra o colega.

Postar um comentário