quarta-feira, 22 de julho de 2015

Oposição decide convocar secretário da Fazenda para expor situação financeira do Estado

Oposição quer saber a situação financeira de Pernambuco, argumenta o líder da oposição, Sílvio Costa Filho

Breno Laprovítera/Alepe

Ayrton Maciel

JC Online

Na primeira semana do retorno do recesso parlamentar, marcado para 3 de agosto, a oposição estadual pretende pedir a convocação do secretário da Fazenda de Pernambuco, Márcio Stefanni, para expor na Assembleia Legislativa a decisão do governador Paulo Câmara (PSB) mudar o calendário de pagamento salarial dos servidores públicos, que vigorava desde 2007. Há nove anos, o salário dos servidores entrava no próprio mês de trabalho, normalmente a partir do dia 22 e fechando a folha no dia 30.

Ao anunciar sexta-feira (17) a antecipação de 50% do 13º salário para o dia 27 de julho próximo, o governo também divulgou a mexida na tabela de pagamento, prorrogando por dez dias o prazo, passando os servidores a receberem nos dias 5 e 6 do mês seguinte. Com a medida, o governo ganha fôlego no caixa do Tesouro estadual. Na audiência pública, a oposição vai pressionar no secretário Stefanni a esclarecer a situação financeira do Estado e, por conseguinte, a decisão do governo de alterar a tabela de pagamento salarial dos servidores.

A convocação foi decidida em reunião, nesta segunda-feira (20), na Alepe. embora a medida não tenha força para impor a presença do secretário. A oposição aprovou, ainda, fazer um pedido de informação ao governo sobre a situação financeira e fiscal do Estado e seus impactos na política salarial dos servidores de Pernambuco.

Postar um comentário