terça-feira, 4 de agosto de 2015

Compesa entra em greve sábado

Compesa pode enfrentar greve a partir da zero hora deste sábado


O Sindicato dos Trabalhadores da Compesa, denominado Sindicato dos Urbanitários de Pernambuco (Sindurb/PE), informou na tarde desta terça-feira (4) que os servidores da estatal aprovaram greve por tempo indeterminado. A paralisação terá início a partir da meia noite do próximo sábado (8). A última greve da categoria aconteceu em 2001.

Por ser considerado serviço essencial, a categoria disse que irá respeitar os trâmites legais de comunicado com 72h de antecedência, em respeito, principalmente, à população usuária dos serviços.

“Após mais de três meses de negociação, em audiência de mediação realizada no Ministério Público do Trabalho, a Compesa apresentou uma proposta considerada rebaixada pela categoria, sendo o índice do INPC, de 8,34%, e a forma de pagamento de 5% este ano e 3,34% apenas em 2016″, explica o sindicato.

Na última mesa, realizada no último dia 28, o procurador José Laízio Pinto Junior, mediando as negociações, reconheceu a ocorrência de malogro no processo.

A categoria reivindica um aumento de 13,28% retroativo a maio e pago ainda esse ano. De acordo com a entidade sindical, além disso, há cláusulas sociais importantes para corrigir diferenças salariais e pagamento de hora extra, por exemplo.

O presidente do Sindurb/PE, José Gomes Barbosa, explica que durante a paralisação serão mantidos os serviços de tratamento e distribuição de água. “Em cumprimento à determinação judicial, vamos  priorizar os trabalhadores que atuam na atividade de produção de água e nas estações de tratamento. O serviço é primordial e é o que causa maior transtorno à população caso falte”, afirmou Barbosa.

Quanto à entrega das contas e o funcionamento das lojas de atendimento, Barbosa explica que a atividade é feita por empresa terceirizada, mas adverte que os servidores responsáveis pela emissão das contas estarão em greve. Logo, o serviço deve atrasar.

“Os demais serviços de atendimento, os encanadores, os demais trabalhadores vão estar paralisados”, disse.

PROTESTO – A categoria aprovou a realização de uma passeata na próxima segunda-feira, 10, com a concentração a partir das 8h, na Compesa da Avenida Cruz Cabugá.

Postar um comentário