quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Deputado critica ostentação de bebidas e comidas de luxo contratados pelo Governador

Edilson critica itens licitados pelo governo, em meio ao período de contenção de gastos. Foto: Divulgação.

O deputado estadual Edilson Silva (PSOL) expôs na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), nesta quarta-feira (19), uma extensa lista de artigos – bebidas e comidas de luxo  -contratados pelo gabinete do governador Paulo Câmara (PSB). Os itens vão desde garrafas de vinho a vodcas da Rússia. A licitação é no valor de R$ 270 mil, dos quais R$ 228 mil já foram empenhados e pagos à vencedora da licitação, a Armazém 21 LTDA.

As despesas incluem 1.312 garrafas de vinho, 121 litros de uísque, 202 garrafas de espumante e champanhe; sendo seis francesas, 102 garrafas de licor, gim e vodca, entre as quais 24 garrafas de origem russa ou polonesa; 42 garrafas de cachaça, 900 quilos de queijos variados e mais 600 quilos de doces e salgados.

Os dados foram obtidos pelo deputado por meio do Portal da Transparência. Em sua fala, Edilson cobrou coerência do governo e trouxe à tona as cirurgias eletivas canceladas no Hospital Getúlio Vargas, bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife, por falta de materiais como gaze e compressas.

“Para o governador Paulo Câmara ter a tolerância da população e do funcionalismo público, deveria dar o exemplo. Os gastos, comprovados pelo Portal da Transparência, reafirmam a necessidade do governo abrir as contas do E-Fisco”, criticou Edilson, da tribuna

Postar um comentário