segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Disque-Denúncia lança campanha para garantir direitos das crianças





Disque-Denúncia Pernambuco está oferecendo até R$ 1.000 para quem denunciar casos de abuso sexual, prostituição infantil e pedofilia. A campanha “Criança tem direitos. Respeite, denuncie” está sendo articulada em parceria com o governo do Estado.

Nos últimos três anos, o Disque-Denúncia Pernambuco recebeu mais de 8,5 mil informações sobre crimes deste tipo, que vão desde violência até prostituição infantil. Nos últimos três anos, o crime contra crianças e adolescentes que mais recebeu denúncias foi de violência, com 5.463 denúncias. Em segundo lugar, está abuso sexual (1.881), seguido por prostituição (1.108) e, por último, pedofília, com 92 casos.

Para incentivar a denúncia, cartazes vão ser distribuídos em delegacias e diversos estabelecimentos por todo Estado. Os Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) e os Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Cras) vão direcionar apoio psicológico para ajudar as famílias e crianças vitimadas.

“Procuramos estimular que as pessoas abram os olhos para um tipo de crime que passa muitas vezes despercebido pela dificuldade de identificação. É preciso ficar atento para sinais que possam ser dados pelas crianças, bem como tomar cuidados para evitar a exposição na internet“, explica a superintendente do Disque-Denúncia Pernambuco, Carmela Galindo.

Quem tiver informações sobre casos pode telefonar para 81.3421-9595, na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata Norte, ou (81) 3719-4545, no interior do Estado. Também é possível repassar informações através do site da centralwww.disquedenunciape.com.br, que permite o envio de fotos e vídeos.

O serviço funciona durante 24h, todos os dias da semana. O anonimato é garantido. Ligações também podem ser feitas para a Ouvidoria da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ), o 0800.081.4421, mas esse contato não garante o pagamento da recompensa

Postar um comentário