quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Mais um “Arraes” em conflito com o PSB

Depois da vereadora Marília Arraes, rompida com seu partido (PSB), o prefeito Geraldo Júlio e o governador Paulo Câmara, outro influente membro da família, o advogado Antônio Campos, poderá debandar de suas fileiras para disputar a prefeitura de Olinda por outra legenda. Antônio é neto de Miguel Arraes, filho da ministra do TCU, Ana Arraes e irmão de Eduardo Campos. Não tinha projeto de virar político. Mas em razão da morte precoce do irmão acha importante a presença de um “Arraes/Campos” na vida pública. Filiou-se ao PSB no mês de abril para preparar a candidatura à sucessão do prefeito Renildo Calheiros. Mas estaria sendo “sabotado” pelo grupo político do prefeito do Recife, que força o apoio do PSB à deputada Luciana Santos (PCdoB) para não perder o apoio do partido dela à reeleição de Geraldo Júlio. Tonca teria dado prazo de 15 dias ao PSB para definir-se. Do contrário, cairá fora e se lançará por outra legenda.


Inaldo Sampaio

Postar um comentário