sábado, 1 de agosto de 2015

O todo poderoso Governador Paulo Câmara esnoba Ministro Armando Monteiro

Foto: Sérgio Bernardo/JC Imagem

O governador Paulo Câmara (PSB) acabou dando uma esnobada básica no ministro Armando Monteiro Neto (PTB), depois de uma provocação do comunicador Geraldo Freire, em entrevista na Rádio Jornal, nesta sexta-feira (31).

Em conversa anterior, Armando criticou a falta de articulação do governador e disse que não está havendo comunicação entre o ministério e o governo. Armando reclamou, também, que Paulo Câmara passava em Brasília e não ia a seu gabinete nem pedia sua ajuda junto ao governo federal.

Paulo Câmara acabou pegando ar e deu uma resposta mais ácida, fugindo ao seu estilo mais comedido. “Tenho as portas abertas em Brasília, nos ministérios onde eu preciso ir. O cargo de governador exige isto, conversa direta, olho no olho. Não preciso de intermediários para defender os interesses de Pernambuco”, ressaltou.

Em meio a resposta, o socialista disse ainda que vai precisar da ajuda do ministro de Dilma para tratar das concessões que estão em discussão com o governo Federal para Suape. “Quando eu precisar conversar com o ministro Armando Monteiro no âmbito de alguma ação importante em Pernambuco, eu vou procurá-lo. Eu devo procurá-lo em breve para a gente conversar sobre essa questão das concessões ali no Porto de Suape, porque eu acho que ele pode contribuir com as discussões”, afirmou o governador, em entrevista à Rádio Jornal.

Postar um comentário