quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Em Lagoa do Itaenga, menino morre por suposta negligência médica

Na última segunda (14/09), a reportagem do Programa Microfone Aberto da Rádio Lagoa FM, apurou uma denúncia grave exposta pelo vereador de Lagoa do Itaenga, Orlando na Folia, por conta da suposta falta de atendimento médico no sistema público de Saúde do Município.

Na Tribuna da Câmara Municipal, o parlamentar lamentou a morte precoce de José Rodolfo da Silva, de apenas 07 anos, filho do agricultor José Antonio da Silva. Segundo o vereador, a família comparecia ao Hospital local e todas às vezes eram aplicadas injeções na criança. Aflito com as consequências do seu quadro clínico, o garoto mencionava aos seus pais: “Injeção de novo, eu não aguento mais”. Nos últimos quinze dias, o caso clínico se complicou e na madrugada da segunda-feira, o estado da criança se agravou.

O pai desesperado, saiu a procura de socorro para tentar salvar a vida de Rodolfo e o levou ao Hospital por volta das 04 horas. Segundo a família, o médico estava dormindo, só vindo atender o paciente por volta das 06 horas da manhã, quando o estado clínico do garoto havia piorado. Apesar dos apelos dos pais em pedir a transferência urgente do filho para outra unidade hospitalar da Capital, o atendimento da solicitação só ocorreu às 10 horas do mesmo dia, porém a criança não resistiu e veio a óbito nessa terça-feira. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) que atesta a causa da morte do menino ainda não foi divulgado para a imprensa local.

 

Postar um comentário