terça-feira, 1 de setembro de 2015

Explosões, tiros e pânico marcam assalto a banco em Taquaritinga do Norte

MADRUGADA DE TERROR

 

O mês de setembro, tipicamente marcado pelas flores, chegou recheado de balas e muito pânico em Taquaritinga do Norte. 

Na madrugada desta terça-feira (01), por volta de 2 horas, toda a população da Dália da Serra foi acordada com o estampido de explosões e de disparos de armas automáticas de grosso calibre, originários de mais uma investida realizada por assaltantes a agência local do Banco do Brasil, localizada na Rua Professor Luiz Carlos, no centro da cidade. 

A quadrilha estava em vários veículos, entre eles uma Hilux branca com elementos encapuzados fortemente armados com fuzis, methalhadoras e pistolas e rifles, que investiram contra o banco onde dinamitaram o cofre, não se tendo informações da quantia subtraída pelos meliantes. Segundo informações, os elementos da quadrilha ficaram em pontos estratégicos dando cobertura em vários veículos distribuídos na frente da igreja, no açougue, na rua de trás do banco e os meliantes também efetuaram disparos conta a cadeia pública e jogaram grampos na PE-130 no Silva de Cima e bloquearam esta rodovia com troncos de árvores no sentido Vertentes. 


 

Na ação, os bandidos também fizeram um refém nas imediações da Panisu, um popular que aguardava o veículo da Prefeitura que faz o transporte de enfermos para Recife, sendo o mesmo liberado após o término do assalto. A população ficou apavorada e manifestou seu medo através das redes sociais, onde dezenas de relatos foram registrados por populares especialmente no Facebook e no Watzapp. Após o assalto, a quadrilha fugiu e deixou na Praça Antonio Pereira e nas imediações do banco um rastro de cápsulas de balas e de destruição. As Polícias Civil e Militar foram acionadas e realizaram o isolamento da área sob o acompanhamento dos funcionários do Banco. Em breve maiores informações. (Por Blog do Elisberto Costa / Fotos: Reprodução do Watzapp)

Postar um comentário