sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Deputados de seis partidos pedem o afastamento de Eduardo Cunha

Jarbas Vasconcelos - foto Agência Brasil
Vinte e nove deputados federais de seis partidos protocolaram nesta quarta-feira (7) na Corregedoria da Câmara Federal uma representação contra o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), por quebra do decoro parlamentar.
Cunha é acusado de envolvimento com o esquema de propina da Petrobras (teria recebido cinco milhões de dólares referente e um único contrato da estatal) e teria quatro contas em agências bancárias da Suíça não declaradas à Receita Federal.
Todavia, em depoimento à CPI da Petrobras, cinco meses atrás, ele negou que tivesse conta no exterior. Faltou, portanto, com a verdade, o que é motivo para ensejar um processo de cassação por quebra de decoro.
Dos 25 deputados de Pernambuco, apenas Jarbas Vasconcelos (PMDB) subscreveu a representação entregue à Corregedoria.
O documento é assinado por 16 deputados do PT, cinco do PSOL, três da Rede, dois do PSB, um do PPS e um do PMDB.
Postar um comentário