quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Garoto sobrevive a acidente após ter cabeça separada do corpo


Após passar por cirurgia, o garoto terá que ficar por dois meses uma prótese para manter seu corpo estável
Foto: Reprodução/ 7news

JC Online

Um garoto sobreviveu a um acidente após ter o crânio separado do resto do corpo. Jackson Taylor, de apenas um ano e quatro meses, estava no carro com sua mãe e sua irmã de 9 anos em uma rodovia de Nova Gales do Sul, na Austrália, quando um outro veículo se chocou a eles.

Com o impacto, Jackson quebrou duas vértebras e teve um deslocamento atlantoccipital, ou seja, uma decapitação interna, e o seu crânio foi separado da coluna vertebral.

Após passar por cirurgia, o garoto terá que ficar por dois meses uma prótese para manter seu corpo estável. Mas depois disso, ele deverá ter uma vida normal. 

De acordo com a mãe do garoto, o acidente foi causado por três jovens que praticavam “Cavalo de Pau” às margens da rodovia. 
Petição

Revoltada com a situação,Rylea Taylor, a mãe de Jackson,lançou uma petição online no site Change.org pedindo punições mais duras para motoristas irresponsáveis. De acordo com a polícia australiana, os garotos devem receber apenas uma suspensão da carteira e uma multa.

"É triste saber que não há nada que você possa fazer para controlar os outros. Mas se alguém destrói a vida de outra pessoa, ele não merece apenas um tapinha na mão e uma segunda chance. É preciso tirar sua carteira de motorista e puni-lo de acordo", diz no documento.
Postar um comentário