sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Mais de 58 mil pessoas foram assassinadas no Brasil em 2014


teotonio vilela - foto elza fiuza-ABr
Estudo realizado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública que será divulgado nesta quinta-feira (8) revela que em 2014 foram assassinadas no Brasil 58.559 pessoas.
A estatística inclui homicídios dolosos, latrocínios e mortes provocadas por policiais. Em 2013 foram registrados 55.878 assassinatos, o que deixou o Brasil na relação dos países mais violentos do mundo.
De acordo ainda com o levantamento, a violência aumentou em 18 dos 27 estados, incluindo Pernambuco. Mas, segundo o Ministério da Justiça, metade dos crimes de 2014 aconteceu em apenas 80 municípios.
A maior taxa de homicídios por grupo de 100 mil habitantes foi registrada em Alagoas (61,9), Estado que era governado em 2014 pelo tucano Teotônio Vilela Filho.
Já a menor foi registrada em São Paulo: 10,3 assassinatos por grupo de 100 mil habitantes. Pernambuco continua numa posição intermediária: 32 mortes por grupo de 100 mil.
Postar um comentário