quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Senador Cintra destina R$ 100 mi à duplicação da BR-423


O senador Douglas Cintra (PTB-PE) apresentou à Comissão Mista de Orçamento emenda ao orçamento da União de 2016, cujo projeto de lei está em discussão no Congresso, destinando R$ 100 milhões às obras de duplicação da BR-423, entre São Caetano e Garanhuns. A licitação da rodovia deve ser lançada no fim do mês pelo DNIT (Departamento Nacional de infraestrutura de Transportes).
O custo total da duplicação da BR-423, num trecho de 70 quilômetros, está estimado pelo DNIT em R$ 400 milhões, incluindo, além da duplicação em si, o reforço do asfalto da rodovia existente.
“A obra, uma antiga aspiração da população do Agreste, irá melhorar substancialmente a infraestrutura viária em Pernambuco, essencial para interiorizar o desenvolvimento. Contribuirá, também, para eliminar o elevado índice de acidentes fatais na BR-423, pelo tráfego intenso de caminhões e motos. É altamente justificada, portanto, nossa emenda, cuja aprovação irei discutir pessoalmente com os deputados e colegas senadores da Comissão Mista”, declarou Cintra ao blog.
A duplicação da BR-423 é uma das prioridades da agenda do senador pernambucano. Ele se reuniu com dirigentes do DNIT, por duas vezes, em julho e em agosto, para discutir a obra, acompanhado dos prefeitos de Garanhuns, Izaias Régis (PTB), na primeira reunião, e de São Caetano, José Neves (PTB), na seguinte.
Segundo o coordenador-geral de Planejamento e Programação de Investimentos do DNIT, André Nunes, a obra será licitada em dois lotes, no sistema de RDC (Regime Diferenciado de Contratações Públicas), que permite maior rapidez nas contratações.
O primeiro lote, entre São Caetano e Lajedo, deve ir à concorrência no final deste mês, e o segundo, até Garanhuns, logo em seguida, no máximo até janeiro. “Com a concessão à iniciativa privada do Arco Metropolitano e da duplicação da BR-232 até Cruzeiro do Nordeste, a BR-423 será a maior obra do DNIT em Pernambuco”, informa Nunes.
Postar um comentário