quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Regional de Garanhuns sem delegados e policiais

Ausência de Delegado e Policiais prejudica plantão em Delegacia de Garanhuns


A Delegacia seccional de Garanhuns teve um plantão conturbado no último domingo, dia 1º. Devido à ausência do Delegado, a equipe de policiais civis não puderam registrar ocorrências, que tiveram de ser transferidas para a unidade de Caruaru, a 100 quilômetros de distância. 

O Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol) prometeu notificar a Polícia e a Secretaria de Defesa Civil. A Polícia Civil informou, através de nota oficial, que está tomando as "devidas providências para o gerenciamento da escala de plantão de forma a suprir a respectiva demanda da cidade". 

“Os policiais militares tiveram que se deslocar para Caruaru, tirando o policiamento ostensivo de Garanhuns. Isso reflete a falta de efetivo que a gente tem noticiado. A Polícia Civil trabalha com menos de 40% do efetivo”, queixou-se Áureo Cisneiros (foto), presidente do Sinpol. Que alertou para a saída de 600 policiais do quadro por motivo de aposentadoria.

Outro ponto que prejudicou a equipe do plantão de domingo foi que a equipe que a renderia na manhã da segunda-feira, dia 2, não apareceu. Áureo disse não ter certeza do motivo, mas acredita que a ausência tenha sido um protesto contra o valor pago por plantões dentro do Programa de Jornadas Extras (PJEs). “O policial não está mais querendo tirar o PJEs, porque quer a valorização. O PJEs é vender a folga por um preço menor do que o Governo deveria pagar. Hoje esse valor está um quarto do plantão, porque também não estão pagando o adicional noturno”, reclamou.

CONFIRA NOTA DA PCPE NA ÍNTEGRA -“Sobre o problema pontual registrado neste domingo(01), na Delegacia de Plantão de Garanhuns. Informamos que a situação está sendo analisada e tomadas as devidas providências para o gerenciamento da escala de plantão de forma a suprir a respectiva demanda da cidade. Informamos ainda que as 3 ocorrências do domingo e segunda na cidade foram direcionadas ao plantão de Caruaru”.(Com informações da Folha de Pernambuco e imagem do Portal Agreste Violento)

Postar um comentário