quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Com a chegada da PF, maços de dinheiro são arremessados de prédio no Recife

Ao todo, 170 policiais foram mobilizados para cumprir as medidas previstas nesta fase, que recai sobre atividades ilícitas

Do JC Online

Torres Gêmeas, no Centro do Recife
Foto: Ricardo B. Labastier/JC Imagem

Uma situação, no mínimo, inusitada, ocorreu na manhã desta quarta-feira (9), durante operação da Polícia Federal para desbaratar quadrilha acusada de fraudes na Hemobras. Na chegada dos agentes da PF a um dos endereços investigados, os prédios conhecidos como "Torres Gêmeas, no Cais de Santa Rita, no Centro do Recife, maços de dinheiro foram arremessados pelas janelas. A PF ainda não confirmou a quantia e se o dinheiro tem relação com a operação, que prevê  o cumprimento de 28 mandados de busca e apreensão e 29 oitivas mediante intimações nos Estados de Pernambuco, Piauí, Paraíba, Minas Gerais e São Paulo. Além disso, a PF cumpre dois mandados de prisão temporária, expedidos contra empresários com atuação na empresa pública, inclusive, um lobista com atuação em Pernambuco, Piauí e exterior. Também foi autorizado ainda o afastamento de três integrantes da Hemobras, sendo dois membros da diretoria.

Postar um comentário