terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Ministra entrega caminhões frigoríficos a 42 cidades de Pernambuco

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, entregou no Recife, nesta segunda-feira (14), as chaves de caminhões frigoríficos a 42 prefeituras pernambucanas através de convênio celebrado entre o Governo do Estado e a União.

O ato ocorreu no Palácio do Campo das Princesas na presença do governador Paulo Câmara e dos prefeitos dos municípios beneficiados. A compra dos veículos custou R$ 6,8 milhões. Os veículos serão responsáveis pelo transporte de alimentos perecíveis às instituições beneficiárias, a exemplo de escolas, creches e hospitais.

A ministra destacou a importância das parcerias para as ações voltadas à população rural, salientando que as conquistas sociais devem ser preservadas.

“Quando a gente se junta, a gente chega mais longe e mais rápido. Essa parceria é muito importante e a gente valoriza muito”, disse a ministra em breve discurso.

No mesmo convênio está prevista ainda a aquisição de outros equipamentos como caixas plásticas, balanças mecânicas e freezers horizontais.

Débora Almeida (PSB), prefeita de São Bento do Una, falou em nome dos prefeitos. Ela destacou a importância dos caminhões frigoríficos para os municípios, mas cobrou mais ajuda do governo federal para socorrê-los nessa hora de crise.

“Esses caminhões vão dar uma grande ajuda aos agricultores familiares e nós precisamos de mais investimentos como esse. Os municípios têm sofrido com a crise econômica e a indefinição de políticas públicas”, afirmou.

Foram beneficiados os municípios de Agrestina, Águas Belas, Altinho, Belém de Maria, Bom Conselho, Bom Jardim, Bonito, Buíque, Caetés, Canhotinho, Capoeira, Catende, Correntes, Cupira, Escada, Feira Nova, Glória do Goitá, Iati, Inajá, Ipojuca, Itaíba, Jaqueira, Jataúba, Jurema, Lagoa do Ouro, Lagoa de Itaenga, Chã de Alegria, Manari, Maraial, Paranatama, Pesqueira, Poção, Pombos, Riacho das Almas, Salgadinho, Santa Filomena, São Benedito do Sul, São Bento do Una, São Joaquim do Monte, Terra Nova, Tupanatinga e Vicência.

O prefeito de Afogados da Ingazeira e presidente da Amupe, José Patriota (PSB), estranhou o fato de nenhum município do Sertão do Pajeú estar na relação. Ele disse que todos os municípios contemplados são merecedores da ajuda e gostaria apenas de saber que “critérios” foram utilizados pelo Ministério para fazer a seleção

Postar um comentário