terça-feira, 15 de dezembro de 2015

PF apreende dinheiro e documentos na Grillo Presentes

De acordo com a Polícia Federal, não foi efetuada nenhuma prisão

O material apreendido foi levado para a sede da PF no Recife. Foto: Tércio Amaral/DP
Agentes da Polícia Federal apreenderam dinheiro e documentos na loja Grillo Presentes, alvo da operação Catalinárias. O órgão ainda não sabe o valor exato do dinheiro. A loja é propriedade da família da mulher do ex-presidente da Copergás Aldo Guedes, Patrícia Guedes Álvaro, e estava fechada nesta manhã. De acordo com a Polícia Federal, não foi efetuada nenhuma prisão. O material apreendido foi levado para a sede da PF no Recife, localizada no bairro do Recife Antigo, e deve ser enviado posteriomente para Brasília.

A operação Catalinárias da Polícia Federal cumpre três mandados de busca e apreensão em Petrolina e no Recife: a Agropecuária Nossa Senhora de Nazaré Ltda (localizada na Fazenda Esperança, Km 12, rodovia 218, em Brejão), cujo ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos era um dos sócios, juntamente com o ex-presidente da Copergás Aldo Guedes, citado na Operação Politeia; a loja Grillo Presentes (avenida Mascarenhas de Morais, 945, Imbiribeira) e o escritório político do senador Fernando Bezerra Coelho (rua Irmã Jerônima, 227, Coliseu, em Petrolina). A investigação cumpriria quatro mandados, mas um deles foi suspenso por uma liminar. 

A assessoria do senador confirma apenas que escritório político do parlamentar em Petrolina é alvo da operação. Em nota, o político afirmou ter confiança no trabalho das autoridades e declarou estar à disposição para colaborar com as investigações.

*Com informações do repórter Tércio Amaral

Postar um comentário