terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Por não ter sido indicado para a comissão do impeachment, Sílvio Costa deixa o PSC

Em nota divulgada nesta segunda-feira (7), o deputado federal Sílvio Costa comunica seu pedido de desfiliação do Partido Social Cristão (PSC).

Costa ficou insatisfeito por não ter sido indicado pela liderança para fazer parte da comissão especial do impeachment. Os indicados foram os deputados Marcos Feliciano (SP) e Jair Bolsonaro (RJ).

Veja o comunicado do deputado pernambucano:

Comunico que me desfiliei do Partido Social Cristão – PSC porque não é possível continuar em um partido conivente com um dos maiores ataques às instituições democráticas já realizados no Brasil, que foi o pedido de Impeachment acatado pelo Presidente da Câmara Eduardo Cunha.

Um deputado desqualificado, que está tentando assaltar um mandato de uma Presidente digna e que lutou pela democracia em nosso país.

Entendi como uma agressão ao governo e à Presidente Dilma as indicações dos Deputados Eduardo Bolsonaro e Marco Feliciano, como membros titulares da Comissão que vai analisar o Impeachment. Dois parlamentares que ultrapassam os limites da política, beirando o ódio ao nosso governo e à Presidente Dilma.

A oposição brasileira passou de todos os limites de convivência democrática. Não vai ter impeachment.

SILVIO COSTA

Deputado Federal

Postar um comentário