domingo, 14 de fevereiro de 2016

Instituto Lula: ‘Privacidade da família foi violentada’


O Instituto Lula afirmou neste sábado 13, por meio de nota em resposta a uma nova denúncia divulgada contra Lula neste fim de semana, que a família do ex-presidente teve sua privacidade “violentada” mais uma vez.
Desta vez, a revista Veja aponta que o ex-presidente mandou seus pertences e o de seus familiares para o sítio que ele frequentava em Atibaia, interior de São Paulo, conforme “mostram documentos e um testemunho obtidos” pela revista.
A nota esclarece para onde foram enviados os pertences de Lula quando ele deixou o cargo de presidente da República e sustenta que o petista fez tudo conforme determina a lei. De acordo com a nota, “parte dos objetos pessoais” de Lula “foi levada para o sítio Santa Bárbara com o consentimento dos proprietários, que são amigos de Lula e de sua família há décadas. Tudo feito de forma oficial e registrada”.
O instituto afirma ainda que “mais uma vez a privacidade da família do ex-presidente foi violentada, na tentativa sistemática de associá-lo a processos em que ele não é investigado nem sequer nomeado”. E que “o referido noticiário é apenas um capítulo a mais da ruidosa guerra que os grandes meios de comunicação movem contra o ex-presidente desde 2002”.
Fonte: Brasil 247
Postar um comentário