terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Esquema criminoso na Prefeitura de Goiana é alvo de operação da Polícia Civil



    

A Secretaria de Defesa Social, através da Polícia Civil, realiza na manhã desta terça-feira, 27, a Operação Imhotep com objetivo de cumprir mandados de prisão em desfavor de suspeitos da prática de crimes contra a administração pública, Lei de Licitações e falsidade ideológica, perpetrados por servidores comissionados da prefeitura de Goiana, empresários, dois arquitetos e um engenheiro.

Serão cumpridos cinco mandados de prisão preventiva e sete mandados de busca e apreensão nas cidades de Goiana e Petrolina, um dos quais será cumprido na Prefeitura de Goiana, todos expedidos pelo Juiz de Direito da Vara Criminal da referida cidade.

Na execução do trabalho operacional, participam cerca de 40 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, bem como, um auditor do Tribunal de Contas do Estado – TCE.

PUBLICIDADE

A operação é supervisionada pela Chefia da Polícia Civil, coordenada pela Diretoria Integrada do Interior I – DINTER I e pela 11ª Seccional de Polícia – DESEC (Goiana).

As investigações tiveram início há seis meses e foram presididas pelo Delegado Thiago Uchoa, titular da Delegacia da 44º Circunscrição – GOIANA, tendo o apoio da Diretoria de Inteligência – DINTEL da PCPE.

Postar um comentário