quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Confirmada morte do Ministro Teori Zavascki

Radar Online

Confirmado pelo Corpo de Bombeiros: o ministro do Supremo Teori Zavascki faleceu vítima do acidente aéreo no Rio. Ele deve ser velado no STF e será enterrado em Santa Catarina.

Ministro do STF Teori Zavascki morre em queda de avião no Rio

Ministro relator da Operação Lava Jato no STF, Teori Zavascki estava em bimotor que caiu no mar de Paraty (RJ) nesta quinta (19/1)

Daniel Ferreira/Metrópoles

 

    

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki morreu no acidente com a aeronave que caiu no Rio de Janeiro na tarde desta quinta-feira (19/1), no mar de Paraty (RJ). A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE

Mais cedo, ao comentar a tragédia no Facebook, Francisco Zavascki, filho do ministro, pediu preces para o pai: “Por favor, rezem por um milagre”.

FACEBOOK/REPRODUÇÃO

 

 

De acordo com a Infraero, o bimotor decolou às 13h01 de Campo de Marte, em São Paulo, com destino ao município fluminense, com quatro pessoas a bordo. O avião pertencia ao grupo Emiliano Empreendimentos e Participações Hoteleiras.


No entanto, segundo o Corpo de Bombeiros, havia apenas três pessoas na aeronave. Chovia muito no momento da queda, que ocorreu a dois quilômetros da cabeceira da pista de pouso. Além dos bombeiros, 50 militares e barcos pesqueiros estão na área do acidente ajudando no resgate.

Segundo o advogado criminalista Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, outro passageiro era Carlos Alberto Filgueiras, dono do Hotel Emiliano e proprietário da aeronave. Procurada pela reportagem do Metrópoles, a rede Emiliano Empreendimentos e Participações informou que não se pronunciará sobre a queda do avião. “Entraremos em contato quando tivermos um posicionamento”, disse a assessoria de imprensa, por telefone.

Procurada pela reportagem, a Força Aérea Brasileira (FAB) informou que não se pronunciaria sobre a lista de passageiros do avião nem sobre sobreviventes. “Isso é com as equipes de resgate”, informou, por meio de nota.

O presidente da República, Michel Temer, e a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, já foram informados do acidente. A magistrada, que estava em Belo Horizonte, voltará ainda nesta quinta (19) para Brasília para acompanhar as investigações sobre o caso.

Postar um comentário