terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Jovem morre após ser atingido por tiro acidental de amigo

Carlos Vinícius Campello Silva era estudante e pretendia entrar para as Forças Armadas

Por: Gabriel Dias, da Folha de Pernambuco

Corpo foi levado para o Instituto de Medicina Legal (IML)Foto: Leo Motta/Folha de Pernambuco

Um jovem de 16 anos morreu após ser atingido por um disparo de espingarda na casa de um amigo de 20 anos em Barra de Jangada - Jaboatão dos Guararapes - na noite desta segunda-feira (9). De acordo com familiares do jovem, a morte pode ter sido acidental, já que os dois rapazes eram bastante amigos. Carlos Vinícius Campello Silva era estudante e pretendia entrar para as Forças Armadas. O amigo de Carlos, identificado apenas como Jean, prestou apoio a família.

“Meu sobrinho tinha uma índole impecável e sabia com quem andava. O Jean também é um rapaz de bem e sempre gostamos muito dele. Tenho certeza que foi um acidente. Eles estavam limpando a arma. Acho que nem sabiam que estava carregada”, disse o tio do menino, o pintor industrial Eduardo Campello, de 37 anos.

Para outro tio da vítima, Paulo Ramos, o acidente deixou um ensinamento. “Arma existe para matar. O cidadão comum não deve ter arma em casa”, afirmou. Até o fechamento desta matéria, a assessoria da Polícia Civil ainda não havia informado qual delegacia investigaria o caso.

Postar um comentário