quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Municípios do interior sofrem com o avanço da violência



O avanço da criminalidade em Pernambuco é assustador. Assaltos, estupros e homicídios, crimes que eram mais comuns na região metropolitana do Recife, se expandiram e hoje fazem parte da rotina dos pequenos municípios do interior do Estado.

A falta de estrutura, baixos salários e péssimas condições de trabalhos para os policiais têm sido um agravante para que a violência não seja combatida com eficiência.

 Só no ano de 2016 foram 4.458 assassinatos em Pernambuco, número bem superior ao registrado em 2015, quando 3.891 vidas foram consumidas pela violência.

O que percebemos é uma escalada da criminalidade sem que nada de efetivo seja feito. Ao que parece, o Governador Paulo Câmara ainda não chamou para si a responsabilidade sobre o assunto, tampouco admite a falência do Pacto Pela Vida, programa cujo objetivo principal seria a promoção da paz social. Enquanto isso, a população permanece refém dos bandidos.

Batendo forte – Embora o PSD faça parte da base aliada do Governador Paulo Câmara, o deputadoestadual Álvaro Porto (PSD) não tem dado trégua ao governo. O parlamentar não poupa críticas à área de Segurança Pública. 

Porto se elegeu pelo PTB em 2014 e dá sinais de que deve acompanhar o senador Armando Monteiro (PTB) que será candidato a governador em 2018.


Escrito por Wellington Ribeiro/Blog Ponto de Vista

Postar um comentário