sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

PM promete 'tropa de elite' para enfrentar assaltantes de banco


O Comandante da Diretoria Integrada Metropolitana da Polícia Militar de Pernambuco, coronel Ivanildo Maranhão, prometeu, nesta quinta-feira (05), a criação de uma ‘tropa de elite’ para enfrentar os bandidos que explodem caixas eletrônicos. A medida foi anunciada horas depois de ladrões invadirem a Secretaria Estadual de Educação, na Várzea, Zona Oeste do Recife, e arrombarem terminais de autoatendimento do Bradesco. O grupo passará a atuar no Grande Recife até o fim deste mês.

O anúncio foi feito durante uma coletiva realizada na sede da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS), em Santo Amaro, na área central do Recife. Também participaram coletiva o chefe da Polícia Civil do estado, delegado Antônio Barros, e o secretário-executico da SDS, João Luiz Caetano de Araújo.

De acordo com o coronel Ivanildo Maranhão, a PM realizou uma reestruturação da Radiopatrulha e criou um grupo denominado Rondas Ostensivas Roberto Pessoa (Rocrop). Para isso, remanejou 176 policiais de outras unidades especializadas e reincorporou homens que estavam na Força Nacional de Segurança, que atuou no Rio de Janeiro durante a Olimpíada de 2016.

Esse time, segundo a PM, vai utilizar armas de grosso calibre, como o fuzil calibre 556. São armamentos semelhantes aos utilizados pelos bandidos. Também contarão com 20 viaturas, sendo 15 novas. “Cada unidade da Rocrop terá duas guarnições, totalizando oito homens”, afirmou o coronel. As equipes convencionais têm dois policiais.

Os PMs da Rocrop atuarão no regime de trabalho de 12 horas de atividade por 36 de folga. Cada uma das 10 áreas integradas do Grande Recife contrará com uma equipe dessa 'tropa de elite”.

Ele acredita que esse reforço terá um resultado imediato na luta contra as quadrilhas que estão atuando em todo o estado e em outras unidade da federação. “Estamos finalizando o treinamento desse homens para poder dar resposta rápida a essas ações criminosas”, afirmou.

Outra medida será o reforço das Rondas Ostendivas com Apoio de Motom (Rocam). “Teremos condições, assim, de empregar a força imediatamente”, declarou.

Ação na Seduc: Diante do crime ousado na Secretaria de Educação, o coronel Ivanidlo Maranhão afirmou que os bandidos estavam fortemente armados e em maior número em relação ao efetivo policial. Os PMs, que se encontravam no batalhão localizado a cerca de um quilômetro de distância do prédio do governo, perceberam a investida e partiram para a ação.

“Houve troca de tiros. Os policiais estavam com pistolas e uma submetralhadoras, enquanto os bandidos portavam fuzis de longo alcance. Os ladrões consegiram fugir e ainda colocaram grampos nas ruas para dificultar a aproximação das viaturas”, informou o oficial.

Números: Na coletiva, a SDS in formou que em 2016, as polícias de Pernambuco tiraram de circulação integrantes de 15 quadrilhas especializadas em assaltos a banco e explosões de caixas eletrônicos.

Segundo a Polícia Civil, em Pernambuco, de janeiro a novembro de 2016, foram registrados 130 crimes contra bancos, o que inclui roubo e furto a agência bancária, a caixa eletrônico e carro forte.

O sercetário-executivo João Caetano de Araújo ressaltou a necessidade de uma maior parceria com os bancos para evitar as investidas. “Existem pequenas medidas que preciam ser tomadas para ajudar a prevenitr essas ocorrências”, disse.

O chefe da Polícia Civil aponta ainda que uma das formas de prevenção é o investimento em equipamentos específicos para coibir ações de criminosos, como alarmes que disparam cortina de fumaça em bancos. "Uma agência de Olinda tem esse equipamento. Em agosto, impedimos que eles roubassem por não tem visão", explicou. (Via: G1 PE)

Postar um comentário