quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Suspeito de matar esposa enquanto ela dormia é preso em São Caetano

Elenice Maria Brito da Silva, 56 anos, foi morta pelo marido, de acordo com a Polícia Civil 
Foto: divulgação/Polícia Civil

NE10 Interior

Um homem foi preso nessa quarta-feira (4) na zona rural de São Caetano, no Agreste de Pernambuco, suspeito de matar a esposa enquanto ela dormia. Cícero Marcionilo da Silva, conhecido como Cição, 38 anos, foi preso em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela comarca de São Caetano.

De acordo com o delegado Sylvio Romero, responsável pelo caso, o crime aconteceu na madrugada do dia 14 de dezembro de 2015. O casal havia voltado cedo da festa da Paróquia de Santa Luzia e foi dormir. Durante a noite, o homem acordou e pegou uma pedra de mármore (suporte do filtro d'água) e quebrou na cabeça da vítima.

Elenice Maria Brito da Silva, 56 anos, foi socorrida para o hospital local e chegou a ser liberada para realização de exames. Com sequelas, ela foi levada para a casa da filha, onde se sentiu mal, foi socorrida novamente e transferida para o Hospital da Restauração (HR), no Recife. Lá, passou cinco dias em coma e faleceu. Ainda de acordo com o delegado, o laudo constatou traumatismo craniano provocado por objeto contundente como a causa da morte.

Cícero Marcionilo da Silva, 38 anos, foi preso nessa quarta-feiraFoto: divulgação/Polícia Civil

Logo após o crime, o suspeito fugiu, deixando objetos pessoais para trás. Ele estava foragido desde o dia do crime, e durante este período chegou a ameaçar uma das testemunhas. "A motivação, segundo ele falou para a testemunha, não revelaria para ninguém. Mas foi um motivo fútil, eles devem ter tido alguma discussão. Saíram cedo da festa, então já não estavam satisfeitos com alguma coisa", relata o delegado.

Levado para o presídio

Ainda segundo Sylvio Romero, o caso foi considerado como lesão corporal seguida de morte. Cícero Marcionilo da Silva vai responder por homicídio triplamente qualificado (motivo fútil, sem chance de defesa da vítima e praticado contra pessoa do gênero feminino com relação familiar - feminicídio). Ele foi encaminhado para o Presídio Desembargador Augusto Duque, em Pesqueira.

Postar um comentário