quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Homem que atirou em meio a casamento é preso em AL

Humberto Ferreira Santos, que foi candidato a vereador em 2008, disse que queria se vingar dos mandantes do assassinato de dois parentes

Na última segunda, nossa reportagem já tinha identificado o autor dos disparosReprodução/Youtube/TRE

Foi preso nesta quarta-feira (1°), Humberto Ferreira dos Santos, o Betinho, acusado de balear duas pessoas em meio a uma cerimônia de casamento, na cidade de Limoeiro de Anadia, no interior de Alagoas.

Segundo o delegado de Arapiraca, Gustavo Xavier, 'Betinho' alegou que o crime foi uma vingança contra Edmilson Bezerra da Silva, de 37 anos e Cícero Barbosa da Silva, 62. "Ele afirmou que as duas pessoas baleadas foram os mandantes do assassinato de seu pai, João Ferreira Santos,  e também do filho, Karlisson Humberto Ferreira Santos. O crime ocorreu em 2015".

Por enquanto, 'Betinho', que não tinha passagens pela polícia, foi preso preventivamente. Ele deve ser indiciado por dupla tentativa de homicídio. "Colhemos informações sobre o autor dos disparos e o que se apurou é que o mesmo era um cidadão de bem, mas se revoltou e tentou matar as pessoas que ele acha que encomendaram a morte dos seus parentes", afirmou o delegado.

Ainda de acordo com Xavier, a investigação do crime, que 'Betinho' aponta como razão de sua atitude, será reaberta. "Com a ajuda dele, vamos tentar apurar informações sobre essa acusação que ele faz", concluiu.

Os estado de saúde das vítimas dos disparos de Betinho é estável.

O caso - O vídeo que mostra 'Betinho' atentando contra a vida de convidados de um casamento viralizou nas rede sociais. O fato ocorreu no último sábado (28). 

As imagens mostram que Humberto Ferreira Santos, o "Betinho", que foi candidato a vereador de Limoeiro de Anadia em 2008, entrou pelo corredor da igreja, atrás de um casal de testemunhas, fez uma pergunta e, logo em seguida, efetuou os disparos contra as vítimas.

Postar um comentário