segunda-feira, 27 de março de 2017

Em Águas Belas: Onda de violência provoca medo na população de Curral Novo e região



A região passou por diversos episódios de violência nesta última semana, onde criminosos promovem terror. Acompanhe:


          Nesta última semana, alguns fatos violentos ocorreram no maior distrito de Águas Belas disseminando medo entre a população. E logo na segunda-feira (20/03) as redes sociais anunciavam um assalto ocorrido na principal estrada que dá acesso ao Distrito de Curral Novo (a PE – 244 que nunca saiu do papel ou do Google Maps). Segundo informações que chegaram através das vítimas, 3 homens armados com espingardas e armas curtas, interceptaram veículos na altura do sítio Pau Ferro, em uma localidade chamdo “o Alto”, e abordaram as pessoas que retornavam da feira livre na cidade, levando o pouco de dinheiro restante dos mesmos, pois em sua quase totalidade, tratava-se de agricultores pobres que foram sacar o “Bolsa família” ou afins, e realizavam compras de mantimentos em Águas Belas. A ação dos indivíduos ocorreu por volta das 13hs, ninguém ficou ferido. A Polícia Militar foi acionada e homens da 4ª Companhia e do BEPI realizaram algumas incursões, mas até o momento não conseguiram prender os suspeitos.

          Já na quarta-feira (22/03), desta vez dentro do próprio Distrito, por volta das 23hs:50min, alguns populares relataram ouvirem diversos disparos de armas de fogo, possivelmente de grosso calibre, próximo a Igreja de São Sebastião no centro de Curral Novo. Até o momento não se sabe a autoria dos disparos, mas o fato promoveu ainda mais medo na população que ficou atônita frente aos disparos altas horas da noite.

          Na quinta-feira (23/03) aconteceu mais um assalto, desta vez a um cidadão que vendia ovos no Distrito. O assalto ocorreu nas proximidades do sítio Cordeiro, onde os meliantes levaram as poucas economias que o comerciante levava consigo.

          Conversamos com alguns moradores do Distrito de Curral Novo e região que afirmaram sofrer com a insegurança gerada pelos últimos acontecimentos, onde os mesmos tem promovido o terror na região. Segundo um morador que preferiu não se identificar, falou: “Estamos com muito medo, inseguros de sair de casa com tantos acontecimentos que nunca vimos com essa intensidade em nossa comunidade e região”.

IGSweb

Postar um comentário