sábado, 4 de março de 2017

Pernambuco - Números são números e não adianta escondê-los


Coluna Fogo Cruzado


A Secretaria de Defesa Social adiou para o próximo dia 15 o balanço dos homicídios praticados em Pernambuco durante o Carnaval. Foi uma decisão desnecessária porque os números já são do conhecimento da opinião pública. De acordo com levantamento feito por emissoras de rádio da capital, com apoio do Sindicato dos Policiais Civis, foram registrados em todo o Estado entre a meia noite da sexta-feira pré-carnavalesca e o mesmo horário da quarta-feira de Cinzas 85 assassinatos, ante 63 do ano anterior. Mas, em vez de revelar logo esses números, a SDS decidiu segurá-los por mais duas semanas, dando munição aos partidos de oposição para acusá-la de falta de transparência no trato de uma questão de interesse público. Também não pegou bem para a SDS divulgar apenas os dados positivos do Carnaval, como se tudo tivesse saído às mil maravilhas e nenhuma falha tivesse acontecido durante os quatro dias dos festejos de Momo.

A Secretaria de Defesa Social só divulgou os dados positivos do Carnaval e adiou para o próximo dia 15 o balanço dos homicídios

Postar um comentário