quarta-feira, 22 de março de 2017

Polícia Federal deflagra operação contra pedofilia no Recife


Dois mandados de prisão preventiva foram expedidos. Um suspeito foi preso. Ele e outro homem estariam coagindo uma testemunha de pedofilia. 
Foto: Arcevo


NE10



Nesta quarta-feira (22), a Polícia Federal deflagrou uma operação de combate à pedofilia no Grande Recife. Foram expedidos dois mandados de prisão preventiva e, até o momento, um suspeito foi preso.


O outro suspeito se apresentou na sede da PF, no Cais do Apolo, área central da cidade, e está prestando depoimento neste momento. Segundo a PF, ele é funcionário do Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), mas nada foi encontrado na instituição, o que demonstra que o suspeito não acessava sites pornográficos no local. Os dois estariam atrapalhando investigações de crimes de pedofilia e coagindo testemunhas.


Os nomes dos suspeitos ainda não foram divulgados.


Em nota, o Imip afirmou surpresa com a investigação de pedofilia envolvendo um funcionário e que, de forma alguma, compactua com este tipo de comportamento. Informou ainda que a rede de internet do instituto é protegida contra conteúdos não seguros, o que inclui qualquer material impróprio, entre eles pornografia. Por fim, o Imip se colocou à disposição da Polícia Federal e confirmou que vai tomar as medidas cabíveis ao caso.


Help 4


Nomeada de Help 4, a operação está sendo realizada pelo Grupo de Repressão aos Crimes Cibernéticos (GRCC) da PF.


Postar um comentário