segunda-feira, 27 de março de 2017

Presidente da Compesa confirma que poço que abastece Arcoverde secou





            Em entrevista ao jornalista João Ferreira, no Programa Notícias Populares da Rádio Itapuama FM, o presidente da Compesa, Roberto Tavares, confirmou a informação veiculada no site Folha das Cidades de que um dos poços da região do Frutuoso, em Ibimirim, que abastece Arcoverde através da Adutora do Jatobá, secou e os demais estão com a vazão menor do que o normal.

Segundo Tavares, a queda na vazão é mais do que normal já que o Estado está entrando no sétimo ano de seca e os poços profundos precisam da chuva para recompor sua capacidade hídrica. De acordo com ele, a cidade só voltará à normalidade em seu abastecimento quando for concluída a Adutora do Moxotó que já está com várias frentes de trabalho e deverá ser concluída até dezembro deste ano.

Roberto Tavares também falou de uma nova fonte de abastecimento para garantir a questão hídrica de Arcoverde, a partir da Transposição do Rio São Francisco. Segundo ele, a Compesa já se prepara para construir um braço de canal entre o reservatório da Transposição em Custódia e o Rio Moxotó, que deságua no Açude de Poço da Cruz, em Ibimirim. De lá, será construída uma nova adutora interligando com o sistema de poços do Frutuoso, na localidade de Lagoa da Areia, zona rural do município.  

No Frutuoso estão os poços profundos que hoje abastecem Arcoverde, levando a água até Cruzeiro do Nordeste e de lá até a Estação de Tratamento de Água da Compesa em Arcoverde, localizada no alto do Serrano. A nova fonte também vai permitir uma maior vazão para atender os demais municípios do Agreste pernambucano que serão beneficiados com a Adutora do Moxotó.

Postar um comentário