sábado, 4 de março de 2017

Violência em Pernambuco é 6 vezes maior que a de SP



A taxa de homicídios em SP em 2016 ficou abaixo do aceitável pela ONU, que é de 10 por grupo de 100 mil habitantes

Por: Inaldo Sampaio 


 

Políticos de Pernambuco iniciaram  uma ofensiva em favor da obtenção de verbas para o combate à violência e a melhoria do nosso sistema carcerário. O palco das batalhas foi Brasília, onde duas reuniões foram realizadas. Uma de governadores, com a presença de Paulo Câmara, para tratar da questão da segurança, e outra da bancada federal com os dirigentes do Depen (Departamento Penitenciário Nacional) para tratar da liberação de uma emenda para os presídios do Estado. A crise nesses dois setores já existia. Mas só entrou na pauta da sociedade após as rebeliões de Manaus, Boa Vista e Natal, que resultaram em mais de 100 mortes. No caso de Pernambuco a luz vermelha foi acesa depois que fechamos 2016 com mais de 4.400 crimes de morte (média de 47 por grupo de 100 mil habitantes), ante 3.757 de São Paulo (média de 8,7 por grupo de 100 mil), que é o mais populoso estado da federação com 43 milhões de habitantes. 

A taxa de homicídios em SP em 2016 ficou abaixo do aceitável pela ONU, que é de 10 por grupo de 100 mil habitantes

Postar um comentário