terça-feira, 11 de abril de 2017

Dia de chuva tem árvore caída e trânsito complicado no Grande Recife




Os mais de 30 milímetros de chuva que caíram na manhã desta terça-feira (11), no Grande Recife, causaram pontos de alagamento e transtornos no trânsito no Grande Recife e na Zona da Mata de Pernambuco. Uma árvore caiu e interditou uma rua na região central, mas ninguém se feriu.

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), até as 10h30, o maior volume de chuvas em 24 horas foi registrado no Cabo de Santo Agostinho, com 61 milímetros. O previsto para o mês de abril é 231 mm, ou seja, choveu era esperado para oito dias.

No Recife choveu 59 milímetros, sendo que o previsto para abril é 326mm, ou seja, choveu o esperado para cinco dias. O terceiro município onde mais choveu foi Igarassu, onde foram registrados 50mm. O esperado para o mês é 271 mm.

No centro da capital, uma árvore caiu e interditou completamente a Rua Pedro Afonso, no bairro de Santo Amaro, em frente ao Instituto de Medicina Legal (IML). No local, estavam estacionadas quatro motocicletas, que foram atingidas. A Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) enviou uma equipe ao local para orientar os motoristas e desobstruir o trânsito.


Durante a manhã, motoristas relataram lentidão e engarrafamentos em vias da Região Metropolitana do Recife. Por volta das 9h, o trânsito ainda era intenso na BR-232 e na Avenida Abdias de Carvalho, no sentido subúrbio-cidade. Também houve relatos de lentidão na Avenida Presidente Kennedy, em Olinda, com pontos de alagamento na altura do Centro da Moda.


Há também registro de pontos de alagamento no Cabanga e na Rua Itacaré, próximo à Avenida Mascarenhas de Morais, na Zona Sul do Recife, com os carros tendo de diminuir a velocidade para acessar o Cais José Estelita. Na Avenida Cruz Cabugá, há alagamento na frente da Compesa e próximo da Vice-governadoria.

No dia anterior, a Apac havia emitido um aviso hidrometeorológico, com a previsão de mais de 30 milímetros de chuvas moderadas a fortes. A Defesa Civil do Recife orienta os moradores de áreas de risco a ficarem alerta e procurarem abrigo em local seguro. A população pode entrar em contato pelo telefone 0800 081 3400. A ligação é gratuita e a Central de Atendimento funciona 24h.

As Defesas Civis das cidades de Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe, Olinda e Recife enviaram equipes às ruas para reposição de lonas plásticas em regiões de morros e encostas. Houve retenções no trânsito em diversas localidades do Grande Recife, como na saída da Via Mangue, em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, na BR-232, na Zona Oeste, e na Avenida Presidente Kennedy, em Olinda.

G1 PERNAMBUCO

Postar um comentário