quarta-feira, 19 de abril de 2017

Garanhuns quase 200 mil habitantes, uma ambulância

Hospital em Garanhuns só tem uma ambulância


Magno Martins


Após ouvir a choradeira do prefeito Izaías Regis (PTB), num encontro que durou 30 minutos, os deputados da oposição em caravana a Garanhuns fizeram, há pouco, uma visita ao hospital regional Dom Moura, onde encontraram um quadro preocupante. No relato feito pelo diretor administrativo, Luiz Melo, o que mais chamou atenção foi a existência de apenas uma ambulância para socorrer pacientes.


Também foram encontrados 60 leitos completamente lotados, mas sem ar-condicionado, o que, segundo a deputada Socorro Pimentel, que é médica, contribui para elevar o índice de infecção hospitalar. O hospital está operando, hoje, com uma demanda diária de até 400 pacientes na emergência. Embora o diretor tenha informado que não existe déficit na equipe médica, muitos pacientes foram encontrados na emergência esperando atendimento há mais de três horas.


Outro problema identificado diz respeito a parceria do hospital com a clínica Nossa Senhora Perpétuo Socorro, para onde o hospital regional encaminha toda demanda do SUS no que diz respeito a exames. Segundo o diretor, o atraso do repasse do SUS de responsabilidade do Estado já dura 15 meses, totalizando R$ 5 milhões


Postar um comentário