sexta-feira, 7 de abril de 2017

Juiz bloqueia 46,8 milhões do ex-deputado Pedro Corrêa



O juiz federal Friedmann Anderson determinou nesta sexta-feira (7) o bloqueio de R$ 9,88 milhões do caixa do PP e as contas bancárias de 10 políticos do partido, entre eles o ex-deputado Pedro Corrêa Neto, que foi condenado no Mensalão e na Lava Jato e ora cumpre pena num presídio da capital paranaense.


Corrêa teve bloqueados R$ 46,8 milhões, embora já tenha posto à venda uma parte do patrimônio que herdou do pai para pagar despesas com seus advogados.

Na ação ajuizada na Justiça Federal do Paraná, o Ministério Público Federal pede que o PP e os 10 políticos a ele filiados sejam condenados a ressarcir ao erário o montante de R$ 2.303.182, 588,00.

Veja, abaixo, quanto foi bloqueado de cada integrante do PP:

* Pedro Corrêa Neto – R$ 46.800.000,00 (quarenta e seis milhões oitocentos mil reais);

* Pedro Henry Neto – R$ 800.000,00

* João Alberto Pizzolatti Júnior – R$ 124.055.758,32

* Mário Negromonte – R$ 166.921.262,16

* Mário Negromonte Júnior – R$ 2.733.000,00

* Nélson Muerer – R$ 78.800.000,00

* João Cláudio Genu – R$ 12.800.000,00

* José Otávio Germano – R$ 10.040.000,00

* Luiz Fernando Ramos Faria – R$ 8.160.000,00

* Roberto Pereira Brito – R$ 8.160.000,00

* Arthur César Pereira de Lira – R$ 7.767.776,96

* Partido Progressista – R$ 9.880.000,00

Postar um comentário