sexta-feira, 7 de abril de 2017

Ministério Público insiste na cassação do prefeito de Orobó




O Ministério Público Eleitoral ajuizou recurso no TSE contra acórdão do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, que validou a reeleição de Cléber Chaparral (PSB) para a prefeitura de Orobó, cidade do Agreste pernambucano.


Chaparral teve o registro de sua candidatura indeferido na primeira instância, mas recorreu da decisão e venceu a parada no TRE, que considerou frágil a acusação de abuso de poder político e econômico.

A acusação foi feita pelo Ministério Público Eleitoral alegando “promoção pessoal” em inauguração de obras públicas.

“O então prefeito e candidato à reeleição promovia, com recursos públicos e em ano eleitoral, eventos para fazer doação de peixes, enxovais para recém-nascidos, linhas para artesãs e presentes no dia das mães”, diz o Ministério Público.

No recurso, a Procuradoria Regional Eleitoral pede ao TSE que restabeleça a sentença de primeira instância e que Cleber Chaparral seja condenado à inelegibilidade e tenha seu diploma de prefeito cassado

Postar um comentário