domingo, 16 de abril de 2017

Mulher morre após levar choque em chapinha de cabelo



TV Jornal


Reprodução/TV Jornal

Foi liberado na manhã desta sexta-feira (14) o corpo da técnica de enfermagem de 28 anos que morreu após receber um choque elétrico durante o manuseio de uma chapinha de cabelo, no bairro da Cidade Tabajara, em Olinda, no Grande Recife. A vítima chegou a ser socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro, mas já chegou na unidade médica sem vida.

De acordo com parentes, Maria Kamylla Santana Silva estava sozinha em casa se preparando para uma festa da família quando morreu, na noite da quinta-feira (13). Eles acreditam que a técnica de enfermagem não teria percebido um defeito no equipamento. O corpo foi encontrado pela mãe da vítima, que estranhou o fato da filha não atender os telefonemas.



Na manhã de hoje, os familiares fizeram a liberação do corpo no Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, no bairro de Santo Amaro. Maria Kamylla era casada e estava concluindo o curso de enfermagem. Ela deixa dois filhos de 10 e 14 anos. O enterro será na tarde desta sexta-feira no Cemitério de Santo Amaro.

Morte durante o uso de chapinha reacende alerta para cuidados com eletrodomésticos

Postar um comentário