sábado, 8 de abril de 2017

No Recife, os garis paralisam em greve


Greve: garis do Recife param no fim de semana

Magno Martins


Garis decidiram suspender as atividades no fim de semana (Foto: Katherine Coutinho / G1)

Três mil trabalhadores de duas empresas fizeram assembleia e paralisaram serviços nesta sexta (7). Por dia, são coletadas 1.600 toneladas de material.

Por G1 PE

Os três mil trabalhadores de duas empresas contratadas para fazer a coleta de lixo no Recife paralisaram as atividades nesta sexta-feira (7). Os funcionários da Vital Engenharia e da Cael realizaram assembleia durante a manhã a afirmaram que ficarão sem trabalhar até a segunda-feira (10), suspendendo os serviços no fim de semana.

A Prefeitura do Recife informou que vai tentar conseguir a retomada das atividades da categoria por meio de ação judicial. Segundo a assessoria de comunicação da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana da cidade (Emlurb), essa é a única atitude a ser tomada pelo poder público, uma vez que o serviço é terceirizado.

A paralisação dos garis deverá provocar o acúmulo de lixo nas ruas da capital pernambucana. De acordo com a Emlurb, por dia, são retiradas das vias públicas 1.600 toneladas de material. As duas empresas movimentam diariamente 40 caminhões compactadores.

De acordo com a Força Sindical, que coordena o movimento dos trabalhadores de coleta de lixo no Recife, a paralisação foi definida em encontro comandado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Asseio e Conservação de Pernambuco.

Poder público

Por meio de nota, a Emlurb informou que está monitorando a paralisação das empresas responsáveis pela limpeza urbana da cidade e que está buscando junto ao Ministério Público do Trabalho uma medida cautelar para que o serviço seja retomado imediatamente. O problema é decorrente de uma situação exclusiva entre as empresas e a justiça do trabalho.

Postar um comentário