segunda-feira, 24 de abril de 2017

Polícia Federal investiga morte de tripulante letão em navio cargueiro



De acordo com as investigações iniciais, o letão Kiselovs Vladislavs pode ter caído do convés e morrido em decorrência das lesões


Rádio Jornal

Foto: Divulgação/Polícia Federal

A Polícia Federal de Pernambuco está investigando a morte de um homem natural da Letônia, País do Leste Europeu, foi encontrado morto em um navio cargueiro por outros tripulantes. O corpo de Kiselovs Vladislavs, de 31 anos, apresentava fraturas no braço, mandíbula e costelas.

O navio cargueiro Piltene, de bandeira das Ilhas Marshalls, chegou ao Brasil pelo porto de Itaqui, no Maranhão. De acordo com o chefe de comunicação da Polícia Federal, a principal suspeita é que o letão, que mora na Rússia, tenha caído do convés. Segundo a investigação não há indícios de ação criminosa.

Morte no mar

De acordo com as investigações iniciais, o estrangeiro teria morrido na sexta-feira da Semana Santa (14). Os tripulantes ainda tentaram prestar os primeiros socorros. Eles também fizeram contato com serviços de urgência de Natal/RN, Belém/PA e do Rio de Janeiro/RJ, sendo assistidos por um médico potiguar.

Depois de confirmada a morte, o corpo foi colocado na câmara frigorífica da embarcação até a chegada ao porto de Suape, na última segunda-feira (17). As investigações estão sendo realizadas pela Polícia Federal Brasileira com apoio da Marinha.

Extradição

O corpo de Kiselovs Vladislavs deve ser liberado nesta segunda-feira (24). Ele vai ser embalsamado após passar por exames no IML para ser entregue aos parentes da vítima que residem na Rússia. As despesas com translado do corpo e com a funerária ficam a cargo dos representantes da embarcação no Brasil.



Postar um comentário