terça-feira, 23 de maio de 2017

Amigos de Aécio temem seu suicídio




    


A reportagem da FOLHA conversou com amigos e familiares do senador afastado Aécio Neves e percebeu um sentimento de temor em relação a depressão causada por conta dos efeitos colaterais da delação da Friboi.

Aécio Neves foi do céu ao inferno em muito pouco tempo. Após quase ganhar a ex-presidente Dilma no segundo turno, ele se transformou em um herói nacional. Era aplaudido de pé em todo restaurante que entrava. Nas redes sociais era apontado como a melhor resposta ao projeto de poder do PT. No entanto, diversas delações colhidas na Operação Lava Jato passaram a o apontar como corrupto e na última semana foi afastado do cargo de senador da república, manchando assim toda a história que seu avô Tancredo Neves escreveu no processo de redemocratização brasileira.

Para avaliar a maneira como Aécio está reagindo a este caos a FOLHA conversou com fontes muito próximas ao senador afastado. Conversamos com um primo, um amigo muito próximo e um colega de partido atualmente com mandato de deputado federal. Todos os entrevistados só aceitaram falar sob o manto do anonimato. As três fontes estão extremamente preocupadas com o estado emocional de Aécio. O temor em relação a um suicídio é evidente na fala de dois entrevistados.

Veja o que disseram os três entrevistados:

O AMIGO

“Conheço Aécio há mais de 30 anos. Posso falar com toda certeza que este é o momento mais triste de sua vida. Nem a morte de seu avô doeu tanto nele. É como se ele estivesse assistindo ao seu próprio velório. Ele havia se preparado para em janeiro de 2015 tomar posse como presidente. Isso estava certo na cabeça dele. Desde que o resultado da eleição foi anunciado ele já começou a entrar nesta depressão. Na delação da Odebrecht ele acreditava que ainda poderia sair ileso. Com o vazamento da conversa dele com o dono da Friboi ele passou a ter certeza que o fim estaria próximo. Ele chegou a me dizer que não teria estrutura emocional para uma eventual prisão. Disse que era melhor dar um fim nisso. Este “fim” me preocupa muito. Nem tive coragem de perguntar que “fim” seria”.

O PRIMO

A prisão da irmã acabou com o emocional dele. Ele está se sentindo culpado e ferido. A Polícia Federal deu o golpe mais duro que ele poderia receber. Acho que nem a prisão dele doeria tanto quanto doeu ver nos jornais a foto da Andrea com uniforme de presidiária e a expressão tão sofrida. Ele está sangrando por dentro. Sabe que não pode fazer nada por ela nem por ele mesmo. A cada nova revelação ele se afunda mais. Estamos mantendo sempre alguém da família perto dele pra ele não cometer uma besteira. Deus nos livre!”

O DEPUTADO

Estou seriamente preocupado com o Aécio. Ele está desistindo dele. Quem o vê pessoalmente com a barba por fazer e o cabelo despenteado não o reconhece. Ele está hoje como um condenado no corredor da morte. Estamos tentando o reanimar mas está difícil. Pior é que muita gente da vida pública está deletando foto com ele das redes sociais e o bloqueando. Este é o momento em que vemos quem é amigo de verdade. Esta lição está sendo muito dolorida pra ele que achava que era querido por tantos. Espero que ele suporte esta dor”.

Fonte: afolhabrasil.com.br

Postar um comentário