segunda-feira, 15 de maio de 2017

Anvisa suspende comercialização de pimenta do reino



A proibição aconteceu devido a identificação de pelo de roedor no produto


por Sarah Abrão


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu nesta segunda-feira (15), em todo o país, a distribuição e a venda do lote 3 da pimenta do reino preta moída, produzida pela empresa Produtos Alheiro Ltda, localizada em Contagem, Minas Gerais.


A proibição da venda aconteceu em decorrência da identificação de pelo de roedor no produto, de acordo com o inciso X estabelecido pela Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) nº 14/2014, regimento interno da Anvisa, afirma a desaprovação para comercialização da pimenta. “Matérias estranhas indicativas de riscos à saúde humana: são aquelas detectadas macroscopicamente e/ou microscopicamente, capazes de veicular agentes patogênicos para os alimentos e/ou de causar danos ao consumidor” segundo a RDC.

O lote foi produzido em 1º de março de 2016 e tem data de validade para dezembro de 2019. A decisão da Anvisa foi publicada no Diário Oficial da União (DOU). A empresa deve recolher o estoque existente no mercado do lote identificado

Postar um comentário