quarta-feira, 3 de maio de 2017

Caruaru registra aumento de 225% nos casos de roubos e furtos de 2011 a 2016



Em março, 24 assaltos e furtos foram registrados por dia na cidade, totalizando 741 casos nesse mês.

Por G1 Caruaru


Caruaru acumula a maior quantidade de roubos e furtos no interior de Pernambuco (Foto: Cecília Morais/ G1)

A cidade de Caruaru, no Agreste de Pernambuco, registrou 2008 ocorrências de roubos e furtos de janeiro a março de 2017. Os dados foram confirmados pela Secretaria de Defesa Social (SDS). Em março, 24 assaltos e furtos foram registrados por dia na cidade, totalizando 741 casos nesse mês.


Em janeiro, foram 652 ocorrências e em fevereiro 615. No mesmo período, todo o interior de Pernambuco registrou 10.986 casos, sendo 3.776 em janeiro, 3.377 em fevereiro e 3.833 em março. Com os dados, Caruaru acumula quase 20% dos casos de assaltos no interior do Estado. Já o aumento dessas ocorrências, de 2011 a 2016, foi de 225% no município.


Segundo o comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Ely Jobson, a PM está acompanhando a situação da cidade. "O fator econômico, o fator de desemprego, o fator de querer se dar bem em cima das coisas dos outros. A gente acompanha esse aumento com esses fatores. O próprio sistema prisional não está recuperando devidamente. Muitos são presos diversas vezes. A Polícia Militar tem feito várias prisões de assaltantes, armas de fogo, mas a demanda de ocorrências é muito grande", disse o comandante.


Para o advogado Adrielmo Moura, a sensação de insegurança aumenta quando a população tem acesso a informações não confirmadas pelas autoridades. "As redes socais têm um importante trabalho prestado na informação. Mas até que ponto essa informação é real? Isso pode trazer informações falsas e aumentar a sensação de violência. Nos últimos 10 anos nós permanecemos com o mesmo número de delegacias, a mudança é muito tímida para o crescimento de Caruaru", comentou.


Números de assaltos em Caruaru segundo a Secretaria de Defesa Social:


2011 - 2.347
2012 - 2.297
2013 - 2.714
2014 - 3.754
2015 - 4.996
2016 - 7.631


Postar um comentário