quarta-feira, 10 de maio de 2017

Grupo desarticulado agia em 6 Estados

Megaoperação desarticula quadrilha acusada de roubo de cargas em Alagoas


Grupo suspeito de tráfico de drogas também agia em Pernambuco e em mais quatro estados

  

Por Redação Cada Minuto

Foto: Ascom SSP/AL


Policiais de Alagoas e Pernambuco desarticularam, na madrugada desta quarta-feira (10), uma quadrilha interestadual de roubo e tráfico de drogas. A operação, que ainda está em andamento, se deu após a investigação do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) e da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic) por meio da Delegacia de Roubo de Cargas.

Para a megaoperação denominada "Sem Fronteiras", foram expedidos 49 mandados de buscas e prisões expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital.

O grupo de criminosos mantinha uma estrutura bem organizada e pode ser responsável por 90% dos roubos de carga cometidos nas estradas alagoanas. Os investigadores descobriram que a organização agia em cidades como São Sebastião, Porto Real do Colégio e Delmiro Gouveia, sem distinção do tipo de carga.

Um integrante da organização, por meio de deleção premiada, revelou que após praticarem o delito, os assaltantes escondiam e vendiam os produtos subtraídos em território pernambucano, principalmente nas cidades de Garanhuns e Águas Belas.

Os alvos são considerados de grande articulação e periculosidade no mundo do crime nos estados de Alagoas, Bahia, Paraíba, Pernambuco e Sergipe. Eles teriam envolvimento com roubos diversificados, entre eles investidas a banco, e uma conexão com a comercialização ilícita de entorpecentes.

Dos mandados expedidos foram 26 de buscas e 16 prisões referentes a tais buscas e mais sete mandados de prisão para presos, ou seja, representação contra reeducandos com participação no grupo criminoso  detectada durante as investigações.

A operação é coordenada pelos delegados Mário Jorge Barros (diretor da Deic) e  Guilherme Iusten , da Delegacia de Roubo de Cargas.




Postar um comentário