quarta-feira, 10 de maio de 2017

Grupo é preso por comercializar água furtada no Sertão



Água era subtraída de um desvio feito do projeto de irrigação da CODEVASF, que abasteciam agricultores de pequeno porte na região, e vendida em carros-pipa


por Martina Arraes 


A Polícia Civil pendeu 15 pessoas acusadas de furto qualificado de água durante a Operação Força no Foco, no município de Petrolina, Sertão de Pernambuco, nesta quarta-feira (10). A água era subtraída de um desvio feito do projeto de irrigação da Companhia de Desenvolvimento do Vale de São Francisco (CODEVASF), que abasteciam agricultores de pequeno porte na região, e vendida em carros-pipa. Em seguida, tratadas para serem comercializadas como água mineral. 


A força-tarefa é uma ação conjunta da Polícia Civil e Militar, que realizam, em 48 horas, um mutirão de ouvidas e diligências para investigar os crimes de homicídios registrados de janeiro até o mês de abril de 2017. A Operação Força no Foco conta com 50 policiais civis, dois peritos do Instituto de Criminalística, 59 policiais militar, sete bombeiros e dez policiais da Lei Seca. 

A intervenção começou nesta quarta-feira e segue até a manhã da próxima sexta-feira (12). Ao todo, 47 inquéritos de homicídios estão sendo instruídos na ação. A Operação é parecida com a Igarapé, deflagrada na última sexta-feira (5), em Caruaru

Postar um comentário